Que m… é essa?!

Hoje fiz minha declaração de IR.

Assutei. Eu sempre restituí cerca de 1300-1600 reais. Agora, 790.

Isso mesmo – parcos setecentos e noventa reais! Foi isso que eu gastei entre quinta e sexta-feira no supermercado. Sim, porque um pote de papinha de bebê, que custava 2,90 (o pequeno, para crianças até 6 meses), hoje custa 3,98. Um aumento de mais de 30% em menos de um ano. O pote para crianças até um ano, que custava 3,70, agora vale a bagatela de 4,99. Outra vez, mais de 30% de aumento. Sabe quanto o governo PERMITE que você desconte, ANUALMENTE, por dependente? R$ 1.730,40. Hahahaha… é piada né? Tá de sacanagem!

Outra continha fácil – a única fralda melhorzinha que não dá bolinhas na minha filha chama-se Huggies Natural Care. Sabe quanto custa? Entre 26 e 30 reais o pacote, que dura, atualmente, cerca de uma semana. Gente, e não são só os artigos infantis nesse preço absurdo não! Já comprou um pote de sorvete? Há um ano atrás eu pagava cerca de 10 reais no pote, agora, quando tem promoção, 12. Preço normal, R$ 15,00. Cinquenta por cento de aumento, certo? E olha que eu compro pote de sorvete básico, creme, coco, essas coisas. Nothing fancy.

Gente, sou só eu que acho, ou o país tá na beira do precipício? O que esse cara tá tentando fazer? Eu não sou nenhuma fã inveterada de FHC ou coisa parecida, mas o cara pegou o país redondinho, sem inflação quase, moeda forte, entrando nos trilhos. E em 8 anos ele conseguiu acabar com tudo! Criou todos os programas assistencialistas possíveis e imagináveis. Incentivos? Só pra financiar casa pra pobre e pra incrementar a indústria metalúrgica. É bom porque isso chama cada vez mais gente lá do norte e nordeste pra São Paulo, e assim sobra mais voto pra ele. Gente sem instrução, que só entende de cuidar da roça, e que deveria ser incentivado a aumentar sua produção agrícola, tendo assim o que comer, onde morar, o que vestir… ao invés disso, coquinho despenca lá do sertão e vem pra Sumpaulo, “ganhar” a vida. E somos nós que ganhamos mais uma boca pra sustentar.

Olha, só tem uma coisa que eu odeio mais que esse atual presidente – a excelentíssima primeira dama. O que é aquilo? Vocês já viram a cara esticada daquela mulher, que só sabe aparecer de braço dado com o marido? Cadê as ações solidárias, em prol das crianças e adolescentes? As campanhas pelo aleitamento, pelo controle de natalidade, pelo pré-natal, pelo parto consciente? Meu, que falta faz alguém com estudo, com visão, com decência.

Nós estamos à beira do abismo. Só falta aquela outra boneca de plástico (ou, como li por aí, “a mocréia do molusco“… tem definição melhor que essa?) ganhar a eleição. Aí, ao invés de restituir, nós vamos todos pagar mais imposto, pra poder construir mais casa de pombo e apartamento de luxo, e sustentar dezenas de coquinhos-massa-de-manobra por aí…

Pelo amor de Deus, gente… abram os olhos e questionem. Votem bem ou votem mal, mas NUNCA mais no PT!

Pronto, desabafei… 🙂

Anúncios

2 pensamentos sobre “Que m… é essa?!

  1. Adorei, Sarah! Só faltou deixar claro que “nós”, que vamos pagar mais imposto, somos a classe média, que fica travada pelo menos 2 horas por dia no trânsito, por exemplo. Por isso que eu acho que deveríamos lembrar daquela frase da ditadura, quando as pessoas eram desafiadas – “Ame-o ou deixe-o”. Eu aceito o desafio numa boa…

    • Rs… Pois é, amiga, pois é… e se essa “mocréia do molusco” vencer as eleições, pode ter certeza de que nós vamos acabar nessa de novo. Sim, porque o tal do Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH) – que é a base de governo dela, e que restringe propriedades privadas, liberdade de imprensa e outras cositas más – vai empurrar o Brasil pra segunda ditadura… dessa vez, comunista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s