23 de Abril, Dia de São Jorge

Ogum guerreiro e seu cavalo branco.

Um dos meus pontos cantados preferidos reza que “em seu cavalo branco, de espada na mão, com lança e escudo ele venceu o dragão”. No sincretismo religioso com o catolicismo, São Jorge é Ogum.

Ogum é a divindade que rege a ordenação na natureza, em todos os campos. Ele é o “general da Umbanda”. Sob suas ordens estão milhares de espíritos em evolução, tanto à direita quanto à esquerda. É ele também que “vence demandas”, ou seja, auxilia-nos a transpor as dificuldades, sejam elas grandes ou pequenas, internas ou externas.

Sem ele não há ordem, disciplina. Já pensou um mundo desordenado, desorganizado? Uma terra sem lei? Pois é, não dá para viver assim.

Os chamados “filhos” de Ogum têm muito forte em si essa necessidade de ordem, disciplina, retidão. Não gostam de indolência, preguiça, bagunça.

Dia 23 de Abril é comemorado o dia de Ogum. Em São Paulo acontece a festa a São Jorge, no Parque do Ibirapuera, com a presença de milhares de pessoas todos os anos.

Ogum Yê

Ogum é o nome dado, na Umbanda, ao Trono planetário regente do raio azul escuro, aquele que rege a Lei. Esse Trono é masculino, positivo, irradiante; seu elemento é o ar. Seu par energético, Iansã (ou Yansã), é feminino, negativo e absorvente. Juntos eles regem a Lei Maior, aquela que provem de Deus. Ogum usa também a cor vermelha, geralmente quando sai em batalha, ou seja, em defesa e aplicação da Lei Divina.

Aqueles que precisam de mais ordem e retidão em suas vidas, que precisam que seus caminhos estejam abertos e ordenados, devem pedir a este Orixá. É ele quem nos auxilia a ser mais corretos e dignos em nosso dia-a-dia. É esse Pai que vem em nosso auxílio quando precisamos vencer o “dragão” de nossos  maus sentimentos e ações. Velas azuis escuras ou vermelhas podem ser acesas em sua intenção. Ogum, como todo bom general, exige a disciplina de todos, principalmente em nosso interior. E, se for de seu merecimento, suas forças serão colocadas em movimento a seu favor, pode ter certeza.

Ao contrário das leis perpetradas pelos homens, que podem ser distorcidas e empregadas de acordo com quem paga mais, a Lei Divina é única e aplicada igualmente por todo o Universo. Então, não se engane: Ogum não tolera os brincalhões, os indolentes, os fora-da-lei. Não peça seu auxílio em detrimento do próximo. A Lei é igual para todos e jamais prejudica. Antes ela ensina e disciplina… com mão de ferro. Lembre-se disso.

Ogum Yê, meu Pai! Salve suas forças, hoje e sempre!

Anúncios

4 pensamentos sobre “23 de Abril, Dia de São Jorge

    • Na verdade é de Oxalá “moço”, ou Oxalá “guerreiro”, como denominam algumas vertentes. E uma imagem linda, por isso a usei. Não achei nenhuma tão bonita assim e que realmente representasse Ogum. Então eu tenho certeza que Oxalá moço, ou guerreiro, como queriam, não se importará em emprestar-lhe a lina imagem. 🙂

  1. Q fique bem claro q Oxaguiã não eh Ogum!
    A imagem eh linda, mas não tem relação nenhuma!
    Seu texto dá a entender
    errado, não respeitando a verdade.

    • Irmão, boa tarde. Na Umbanda Sagrada acreditamos em algo que se chama “entrecruzamento de Orixás”. No candomblé e em outras vertentes da umbanda, esta imagem refere-se a Oxaguiã, a representação jovem e guerreira de Oxalá. Eu vejo esta imagem como um Oxalá entrecruzado com Ogum, ou um Ogum entrecruzado com Oxalá.
      Como você pode perceber, existem mais “verdades” no mundo do que aquela na qual você se baseou para comentar o post.
      Você não está errado, e eu também não.
      Nossas verdades são diferentes, só isso.
      Axé!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s