Cérebros diferentes

Todo mundo já percebeu que o cérebro masculino não funciona do mesmo jeito que o nosso. Qualquer busca no Google trará a você dezenas de links com as teorias das mais esdrúxulas às mais factíveis. Mas o fato é que diferenças, bem grandes, existem.

Por exemplo a nossa capacidade de verificar os detalhes, enquanto eles vêem sempre o todo. E a nossa outra capacidade de fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo, enquanto eles entram em curto se tentarem.

Bom, mas o fato é que dessas diferenças acabam surgindo diálogos, no mínimo, surreais.

Exemplo 1, Conversa de doido

[eu, enquanto dirigia e o celular tocava] – Diego, atende pra mim? É minha mãe…

[Diego] – Alô? Oi, é o Diego… não, a gente já saiu de Taubaté… estamos indo pra casa da senhora… OK… tá bom, eu falo pra ela. Daqui uns 20 minutos estamos aí. Tchau.

[eu] – E aí?

[Diego] – Seu irmão já saiu… foi pra festa de bodas de ouro da sua tia.

[eu, totalmente lost] – Hã? Que tia?

[Diego] – Sei lá, Sarah…

[eu] – Diego, o que foi que a mãe te disse?

[Diego] – A sua mãe me falou que seu irmão já saiu porque tinha que ir na festa de bodas de ouro da sua tia.

[eu] – Diego, eu não tenho nenhuma tia fazendo bodas de ouro… tá maluco?

[Diego] – Sarah, o sujeito da conversa era você. Sua mãe disse que a festa era “da tia dela”. Ou seja, só pode ser sua tia…

[eu] – Diego, deve ser alguma tia da Vanessa, namorada do meu irmão…

[Diego, processando a informação em 16 bits] – Ah… bom… sei lá! Ele saiu e foi na festa da tia de alguém. Pronto.

Exemplo 2, Deduções femininas

Diego tem problema com TVs de plasma/LCD. Segundo ele, essas TVs têm um “leg”, um “delay”, na resolução das linhas, e por isso tudo parece estar em câmera lenta. Não adianta dizer que as TVs são preparadas para que o refresh da imagem seja mais rápido do que o olho humano consegue apreender, porque segundo Diego, ele consegue ver isso perfeitamente. Bom, vai que daí…

[Diego] – Sarah, tava pensando… que tal se eu comprar uma TV de LCD de 42” pra você e você me dá essa de tubo pra eu levar pra casa?

[eu] – Desculpa, mas eu quero uma TV de LED… e de 47” polegadas…

[Diego] – Ah, tá… cada vez aumenta mais. Não era de 42” que você queria?

[eu] – Diego, isso era na outra sala, muito menor que essa. Uma TV de 42” nessa sala vai ficar minúscula. Nem pensar.

[Diego] – Ah, tá bom. Eu compro uma pra mim então. Já que você não quer…

Pausa para reflexão.

[eu, tendo uma epifania] – Mas, pensando bem… você não curte TV de LCD, né?

[Diego] – Não. Você sabe que não.

[eu] – Então, isso quer dizer que, se você colocar uma TV dessas aqui em casa, você não vai mais querer assistir a jogo de futebol nenhum aqui… sim, porque pensa bem: os jogadores, a bola… tudo vai ficar andando em câmera lenta… já pensou? Vai ficar horrível de assistir…

[Diego] – Engraçadinha…

[eu] – Mas num é isso?

[Diego] – Não senhora. Eu vou continuar querendo ver os jogos.

[eu] – Ah, tá. Então mantenho minha posição. No, thanks.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Cérebros diferentes

  1. hehehehhehe tô só esperando algum produtor de TV te procurar pra escrever uma sitcom… 😀 Pelo menos tá documentado aqui quem é a autora – no mínimo você ganha o processo por plágio se essas cenas forem usadas sem o seu consentimento!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s