Parabéns!!!

Belah, com pouco mais de duas semanas de vida.

Hoje minha filha faz 2 anos. Estou feliz por ter sido capaz, junto com meus familiares, de dar a ela todo o amor e carinho que ela precisou para crescer e desenvolver-se com saúde. Está uma meninona com 13 Kg e quase 87 cm de altura. Fala mais que a boca, repete tudo que ouve, canta, dança… e dá uma canseira em qualquer cristão! Ficou gripada uma única vez nesses seus 24 meses de vida completos.

Aquela menininha gorduchinha está dando lugar a uma mocinha, que já presta atenção em coisas como sapatos, bolsas, cores e combinações.

Sua frase preferida é: “mamãe, sair…”.

Seu verbo predileto é “compá” (tradução: comprar).

Sua solução para tudo: “abaço, abaço…”, que ela pede sempre que ralhamos com ela.

Ou seja, é uma criança saudável e feliz, e eu espero que assim continue.

Então hoje quero agradecer a Deus por ter me enviado a Belah. Por ter confiado a mim um tesouro tão grande e precioso. Por ter me dado a bênção de ser mãe de um bebê saudável e perfeito.

E quero também pedir ao Pai que me dê sabedoria para saber educá-la, para direcioná-la no caminho certo da retidão de caráter e de alma. Que me dê paciência para aceitá-la como ela é, ajudando-a a moldar suas deficiências e a salientar suas habilidades. Que me dê saúde suficiente para que eu possa estar ao lado dela sempre que assim se fizer necessário. E que me dê recursos financeiros suficientes para que eu possa oferecer a ela uma boa educação e uma vida confortável enquanto ela depender de mim.

No dia de seu batizado, quando contava 2 meses de vida apenas, Pai Benedito de Aruanda abençoou minha filha dizendo-me que aquele bebê era um espírito esclarecido, vindo do alto, e que ela era um presente para nossa família. Mesmo que assim não fosse, ainda assim eu pensaria igual: Belah é um presente, o maior presente que eu poderia ter ganho da Vida, assim como deveriam ser todas as crianças no mundo.

Quero aproveitar então para deixar aqui uma mensagem de Meimei psicografada por nosso querido Chico Xavier, em nome de todas elas.

Mensagem da Criança

Meimei – psicografado por Chico Xavier

Dizes que sou o futuro,
Não me desampares no presente.

Dizes que sou a esperança da paz,
Não me induzas à guerra.

Dizes que sou a promessa do bem,
Não me confies ao mal.

Dizes que sou a luz dos teus olhos,
Não me abandones às trevas.

Não espero somente o teu pão,
Dá-me luz e entendimento.

Não desejo tão só a festa do teu carinho,
Suplico-te amor com que me eduques.

Não te rogo apenas brinquedos,
Peço-te bons exemplos e boas palavras.

Não sou simples ornamento de teu carinho,
Sou alguém que te bate à porta em nome de Deus.

Ensina-me o trabalho e a humildade, o devotamento e o perdão.

Compadece-te de mim e orienta-me para o que seja bom e justo.

Corrije-me enquanto é tempo, ainda que eu sofra…
Ajuda-me hoje para que amanhã eu não te faça chorar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s