O Silêncio do Mago

Essa semana saíram alguns textos no STUM falando sobre magia. Achei-os interessantes e acabei por dar-lhes crédito postando os links no meu mural do Facebook.

Ontem, durante mais uma iniciação na Magia Divina, enquanto recebíamos a imantação, aquele silêncio, todos de olhos fechados… eis que um guardião se aproxima e diz:

Todo Mago é, antes de tudo, um Guardião. Guardião de Mistérios que só podem e devem ser revelados aos seus irmãos de egrégora. Mistérios que devem permanecer longe dos olhos e ouvidos profanos e que, embora simples, devem ser tratados com grande respeito e cerimônia, pois provêm da Fonte que é Deus, e de seus representantes diretos, as Divindades Supremas, ou Tronos Divinos. Não se esqueça jamais que, uma vez jurado o Silêncio, assim deve ser.

Aos irmãos de caminhada, àqueles que auxiliares, informa-os da grandeza do Pai Criador, de Sua infinita sapiência e de Sua Lei e Justiça. Nada mais. Guarda os Mistérios revelados a ti como tesouros; honra a Deus e aos Seus Tronos Divinos acima de todas as coisas; e respeita teus irmãos de caminhada, cada um com seu grau de evolução no mundo.

Nada pode ser apressado, tudo tem seu Tempo. E o Tempo da Evolução é longo, muito longo, para alguns. Mas para aqueles que quebram seus votos de Silêncio, o Tempo é ainda mais cruel – pois ele sai do estado de Iniciado, estudioso e guardião dos Mistérios Divinos, para o estado de um expatriado, perjuro, aquele a quem um dia foi confiado algo de grande poder e beleza, mas que foi capaz de trair tal bênção com sua palavra… ou com seus atos.

Lembre-se: Tudo é Mistério. Guarda as chaves que te foram dadas e usa-as com sabedoria e gratidão. Não distribua graças aos ímpios ou àqueles que não vierem a ti com o coração aberto. Como dizem por aqui no mundo, não atires pérolas aos porcos. A emoção, muitas vezes, engana. O sentimento de pena, de dó, nos trai. Analisa caso a caso com parcimônia e busca orientação sempre. Um Guardião age com sabedoria, com lealdade. Embora tenha seus dias de fúria e de paixão, jamais age sob esses impulsos, pois sabe que muito lhe será cobrado, pois muito lhe foi dado.

Um Guardião não teme, mas age com conhecimento de causa. Ele sabe que tudo no Universo é dual, tudo tem sua contraparte e, portanto, para toda ação gerada uma reação de teor inverso e de igual intensidade será desencadeada. A Evolução está no Caminho do Meio, e o Guardião tenta sempre manter sua calma e seus instintos alerta.

Um Guardião não erra. E quando erra não se esconde – penitencia-se revertendo o erro, eliminando o carma, trabalhando para sua reparação. Mas, acima de tudo, um Guardião tem orgulho. Não o orgulho da matéria, aquele que busca as glórias do mundo como se fossem as eternas. Não… um Guardião tem orgulho de servir a Deus sobre todas as coisas e de ser depositário de seus mais maravilhosos Mistérios Divinos.

Não sei o nome do Guardião, mas sei que fiquei com a sensação de que ele era um natural da evolução. Veio deslizando pelo meu lado direito, a uns quinze centímetros do chão, todo coberto por um manto escuro de reflexos meio roxos. Carregava na mão esquerda um alfange cuja lâmina reluzia muito como se fosse feita de metal líquido ou sei lá o quê. Parou na minha frente e devia ter uns dois metros de altura. E ali ele falou, com uma voz que ribombava feito trovão. Aliás, falou não, transmitiu. Na verdade ele transmitiu um monte de coisa, vários conceitos sobre magia, mistérios, magos e mais um monte de coisa. No começo eu fiquei tentando entender o que ele me passava, mas depois eu percebi que isso atrapalhava a conexão. Daí eu simplesmente desisti e deixei a coisa toda fluir. Foi tanta informação que o meu cérebro físico não guardou nem dez por cento. O que eu transcrevi para vocês foram só algumas coisas que ficaram na cabeça depois da aula. 🙂

(Espero sinceramente que meu espírito tenha guardado tudo, e vá me dando uns insights quando eu precisar…)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s