As Cartas de Cristo – Parte 2

Carta 1 – Parte 2 – O PROPÓSITO DESTAS CARTAS

(clique para ler no site do STUM)

Elas têm a intenção de trazer iluminação ao mundo em geral e capacitar a humanidade a construir uma NOVA CONSCIÊNCIA durante os próximos dois mil anos. Estas CARTAS são a semente da futura evolução espiritual da humanidade.

Observe bem:

A evolução espiritual da “consciência humana” é o que traz a evolução mental e física em sua vida pessoal e global e aproximará a humanidade de estados cada vez mais harmoniosos de bem-estar.

Se é difícil acreditar nisso, então reflita a respeito dos últimos dois mil anos e veja o que se tem realizado desde a última vez em que falei diretamente com as pessoas. Tem havido uma tendência de evolução gradual em direção ao amor fraternal que eu costumava pregar ao povo Judeu.

Quando eu caminhava pela Terra, não havia organizações humanitárias como existem hoje. A ambição, a cobiça e a autogratificação eram comportamentos considerados normais. Havia pouco amor fraternal mesmo entre os Judeus para os quais os profetas, durante gerações, haviam dito que amassem a seus semelhantes como a eles mesmos.

Conforme a humanidade vem desenvolvendo a sua capacidade para o amor fraternal, a vida tem se tornado mais confortável e prazerosa sob a forma de consideração mútua, cortesia, gentileza, na criação de hospitais e sociedades para o bem-estar infantil, no cuidado com os mais velhos, no movimento a favor dos direitos humanos e em muitas outras instituições dedicadas à melhoria da condição humana. Tudo isto tem brotado nos corações e nas mentes daqueles que sinceramente levaram em consideração minhas primeiras palavras ditas na Palestina, as quais impulsionaram as pessoas até o amor fraternal e a compaixão pelos seus semelhantes.

Estes cuidados espirituais e o amor fraternal ganharam um tremendo impulso no século dezenove, quando minhas palavras foram pregadas com renovada e intensificada sinceridade nos púlpitos e alegremente recebida por congregações sérias e sinceras. Os pregadores e as congregações, naquela época, já haviam se espalhado pelo mundo todo, em cada continente. O Sábado era considerado um dia de descanso e os pensamentos da maioria do povo Cristão se elevavam para contemplar o poder de Deus. Tal suspensão mundial dos deveres e ocupações normais deu lugar a uma elevação do “pensamento consciente”, de vinte e quatro horas de duração, em direção ao Poder Criativo Divino, criando uma constante e poderosa consciência “humana/Divina” que dava suporte e se entrelaçava às vidas humanas. A súplica humana atraiu o Poder do Divino para o interior da consciência e experiência humanas e deu lugar diretamente ao crescimento e à expansão em cada faceta da vida humana. Contudo, as pessoas ainda não sabiam como direcionar mentalmente o Poder Divino para os canais espirituais da criatividade em lugar dos canais do “ego”. Em consequência, a expansão da “consciência coletiva” trouxe resultados negativos surgidos do “poder do ego”, assim como resultados “positivos” produzidos pela “consciência espiritual” das pessoas inspiradas e iluminadas.

– POR ESTA RAZÃO… eu vim expressamente para explicar a você… um fato da existência que é de vital importância. Por favor, leia cuidadosamente.

É isto:

Sua consciência pessoal é inteiramente responsável por tudo aquilo que vem para a sua vida e experiência pessoal. É sua consciência pessoal que traz para você o bem ou o mal.
No seu subconsciente, você traz lembranças fortemente impregnadas, ainda que ocultas, de traumas/emoções de sua(s) vida(s) anterior(es) que podem irromper e afetar a sua consciência atual.

A sua oração fervorosa e específica para aliviar algum acontecimento pode receber resposta, mas a longo prazo será de pouco proveito se sua mente e seu coração continuarem em contravenção com as Leis Universais do AMOR e você viver com atitude mental de constante crítica.

As Leis Universais da Existência se relacionam SOMENTE às “atividades da consciência”… e são exatas e indesviáveis… NÃO são prêmios ou castigos de “Deus”.

Repito: Não são “CASTIGOS DE DEUS” – se relacionam ao “Fator Causativo da Consciência” que atrai/magnetiza as partículas elétricas que se unem e aparecem perante o mundo como formas e experiências sólidas.

NOTA: Às vezes as pessoas fazem um contato poderoso com a REALIDADE DIVINA, que está dentro e por trás de toda a criação, por meio da oração. Ela responde e Sua atividade se revela num curto espaço de tempo como uma melhoria necessária dentro da vida pessoal ou nacional – e as pessoas podem exclamar: “É um milagre!” Mas, com o passar do tempo, o estado da consciência Pessoal ou Nacional voltará a reafirmar-se nas suas experiências e reproduzirá os mesmos efeitos negativos anteriores na saúde e nas atividades.

Você não pode efetuar mudanças permanentes na sua vida a menos que você mude sua consciência. Portanto, as pessoas devem rezar e esforçar-se a todo momento para alcançar o Amor incondicional.

Anúncios

2 pensamentos sobre “As Cartas de Cristo – Parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s