As Cartas de Cristo – Parte 12

Carta 1 – Parte 12 – VOCÊ É A FONTE DE TODO O SER

(clique para ler no site do STUM)

Uma visão maravilhosa de gloriosa criatividade chegou à minha mente. Uma vez que nos convertamos verdadeiramente no “um”, canais purificados e instrumentos do “Poder Criativo Inteligente”, poderemos ascender gradualmente em consciência até realmente expressarmos por meio de nossas mentes e corações a própria “NATUREZA” do “Poder Criativo Universal”. Então “a vida na terra” se tornará verdadeiramente um “estado celestial” e a todo momento entraremos em um estado de vida eterna! Esta certamente deve ser a verdadeira meta por trás da criação, pensei! E isso chegou a mim com uma onda de júbilo e amorosa alegria, de que foi este o propósito pelo qual o homem evoluiu e se desenvolveu!

Mesmo neste momento, ainda que o homem seja tão imperfeito no seu comportamento, não há nada absolutamente impossível para ele no futuro, uma vez que apesar de seus erros, ele é um com o “Poder Criativo” e o “Poder Criativo” está dentro dele, dando-lhe vida, um corpo e tudo o mais de que ele necessita. Toda esta compreensão elevou-me às alturas do arrebatamento, exaltação e do êxtase mais sublime, de modo que eu mal conseguia suportar. Senti que meu corpo se dissolveria com a expansão do Poder dentro de mim. Eu irradiava LUZ e podia vê-LA à minha volta, iluminando a paisagem do deserto. Meu coração cantava em louvores. Quão maravilhoso e belo é o Poder Criativo Amoroso que trabalha incessantemente em nós, por meio de nós e para nós!

Que MILAGRE é a criação!

Gritei alto: VOCÊ é a FONTE de todo o SER, o criador e ao mesmo tempo sua manifestação dentro e por meio do que é criado. Não há nada em todo o universo que esteja separado da ilimitada e eterna infinitude da VIDA DIVINA, da Consciência do Poder Criativo que você é.

Então, como é possível que o homem seja tão pecador? E por que as pessoas sofrem de doenças, miséria e pobreza? Diga-me, ó amoroso “Pai” Poder Criativo, pois tenho estado profundamente sobrecarregado com a dor de suas vidas miseráveis.

Então me foi mostrada a realidade da “condição terrena” de todos os seres vivos. Senti intensa excitação porque enfim eu seria capaz de compreender como um amoroso “Poder Criativo” Divino poderia permitir que sua criação suportasse tal miséria. Foi-me mostrado que cada ser vivo na criação deveria estar radiante de saúde, sendo cuidado, nutrido, protegido, curado, mantido em paz e abundância, com prosperidade, em uma sociedade ordenada de “seres” oferecendo tão somente amor uns aos outros. (No entanto, no momento da criação, dois IMPULSOS BÁSICOS surgiram no ser, assegurando sua individualidade e eram estes os que controlavam a consciência humana. Estes IMPULSOS me foram explicados em detalhes, mas este conhecimento é reservado para uma Carta futura quando você estiver melhor preparado para compreender isto.)…

Foi-me mostrada esta vívida visão: Primeiro, eu vi um bebê recém-nascido como “luz”, uma forma de vida do “Poder Criativo”. Enquanto este bebê crescia, tornando-se uma criança e depois um adulto, vi a pura “LUZ” do “Poder Criativo” enfraquecer nele gradualmente e, em seguida, ser completamente obscurecida por um denso invólucro de correntes e ataduras.

Questionei o significado desta visão e chegou à minha mente uma clara compreensão que pode ser expressa com as seguintes palavras: Do nascimento até a morte, as pessoas acreditam e insistem que seus cinco sentidos – visão, audição, tato, olfato e paladar – traduzem corretamente a sua própria “realidade” e a do universo que as rodeia. Assim e porque extraem o poder de sua mente diretamente do Divino “Poder Criativo”, tudo lhes acontece de acordo com suas crenças.

Cada atadura representa os pensamentos habituais de uma pessoa, suas respostas às demais pessoas e aos eventos, seus preconceitos, ódios, inimizades, ansiedades, preocupações e tristezas, os quais lhe amarram e extinguem a LUZ de sua visão interior que provém do “Poder Criativo”. Assim, ela entra na escuridão, mas não sabe disso. Ela pensa que está crescendo e amadurecendo nos caminhos do mundo, que lhe permitem avançar e ter “êxito” – o objetivo da maioria das pessoas na Terra. De fato, quanto mais madura e acostumada a estes caminhos, mais aprisionada por suas correntes e amarras ela se torna, dentro do domínio dos IMPULSOS gêmeos de “Ligação-Rejeição”.

Além disso, cada corrente é forjada por desejos egoístas e enganadores: ganância, agressão, violência e violação. Estas correntes pesam em torno da pessoa e sobrecarregam a psique, que é o “poder da consciência criativa” no mais profundo do seu ser. As correntes e as ataduras a apertarão mais firmemente a cada ano que passar, até que ela perceba o que está fazendo a si mesma, até que se arrependa sinceramente de cada amarra e corrente e faça a devida reparação àqueles a quem tenha prejudicado.

Com esta visão, compreendi um aspecto muito valioso da existência. O homem nasce com todo o potencial para construir uma vida preciosa para si mesmo. Porém, ao ceder aos seus desejos egoístas e ódios, ele próprio cria uma prisão de miséria da qual não tem como escapar até que perceba a VERDADE da EXISTÊNCIA.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s