As Cartas de Cristo – Parte 44

Carta 3 – Parte 8 – TRAZER UMA NOVA PERCEPÇÃO DE DEUS

(clique para ler no site do STUM)

Eu também recordava isso a eles a todo momento:

— Somente aqueles de mente e coração puros realizarão essas coisas poderosas. Os malvados podem prosperar durante um tempo, como o fizeram os reis e os exércitos saqueadores e outros que amontoaram a iniquidade em suas mentes. Foi permitido a eles fazer seu trabalho durante um tempo, pois da maldade surge um certo bem – mas no final fracassarão e o resto do mundo dirá injúrias contra seus nomes.

Então, se você quer ter sucesso, examine suas motivações. Os desejos que surgem simplesmente do anseio egoísta de riquezas ou conforto, no fim acabam em desengano, doença e morte.

E a você que lê estas palavras, digo – não deixe ninguém se atrever a negar a Verdade que trago, até que você também tenha andado o Caminho da Renúncia de Si que eu percorri na Terra e que tenha alcançado a mesma união com o “Pai” e as alturas do conhecimento e a compreensão indiscutível que possuo. Quando você tiver alcançado tudo isto, já não terá nenhum desejo de negar essa Verdade e será incapaz de deixar de se unir a “mim” e ensinar ao próximo. Até esse momento, mantenha-se em paz e não deixe que ninguém conheça sua ignorância.

No mundo inteiro as pessoas frequentemente acolhem meus ensinamentos com prazer, por serem da mais alta moral e por serem os princípios mais perfeitamente formulados para o bom comportamento e viver diário. Contudo, afirmam rapidamente que as histórias sobre os milagres devem ser deixadas de lado, pois estes são aberrações das leis naturais do universo e são impossíveis.

Este tipo de pensamento levanta barreiras ao futuro progresso do desenvolvimento científico-espiritual do qual a mente humana é capaz.

De fato, não vim à Terra para apresentar uma nova religião ou um código moral mais alto do que aquele dado por Moisés nos Dez Mandamentos. Meu propósito foi o de trazer uma nova percepção de “Deus” como criador e a compreensão da existência em si mesma. Deste conhecimento deveria surgir uma nova forma de viver.

A atitude correta para com minha missão na Terra neste terceiro milênio é a de reconhecer que os “milagres” que eu realizei estão mais além da capacidade do ser humano médio neste momento. No entanto, tais “milagres” foram exemplos do que pode ser alcançado no futuro, quando as mentes das pessoas estiverem plenamente imbuídas do verdadeiro conhecimento da existência e estiverem também, por meio da fé, da meditação e da oração, totalmente sintonizadas e impregnadas da “Consciência Universal Vida/Amor”.

Foi realmente verdade que “andei sobre as águas”, quando meus discípulos embarcaram para cruzar o lago? Se você leu a narração bíblica deste incidente, perceberá que meus discípulos tinham me deixado para trás. Ansiava pela oportunidade de afastar-me de qualquer contato humano, de retirar-me para as colinas para mais uma vez entrar em profunda meditação, permitindo que a minha consciência se unisse à dimensão universal da “Consciência de Deus”.

Enquanto estive nesse estado espiritual que transcende a consciência humana, toda a consciência física desapareceu e fui elevado em êxtase na Corrente Universal da Vida. Soube que a VIDA UNIVERSAL era tudo, que a VIDA era a realidade de meu ser e que tudo o mais eram aparências mutáveis, transitórias da VIDA UNIVERSAL, tornadas visíveis. SOUBE e senti que eu era a PRÓPRIA VIDA e que ao introduzir-me na CONSCIÊNCIA DA VIDA mais além da consciência terrena, as leis que governavam meu ser físico eram transcendidas e já não se aplicavam à carne e ao sangue de meu corpo humano.

Desejei mover-me neste novo estado transcendente e vi a mim mesmo saindo da caverna flutuando. Vi meus discípulos no lago e soube que estavam em aflição. Sem esforço desci flutuando a colina em direção à margem e, ao retomar o contato com meus assuntos humanos habituais – no caso os meus discípulos – encontrei-me repousando sobre as águas. No entanto, ainda estava no estado em que percebia plenamente que Eu Mesmo era a VIDA individualizada e, portanto, que meu corpo estava banhado pelo PODER VITAL que continuava me deixando mais leve e transformando a estrutura atômica de meu estado físico.

Você deve entender que ouvir e pensar no estado de consciência humana e a ascensão à COMPREENSÃO TRANSCENDENTE da VIDA UNIVERSAL, quando a consciência pessoal já está afastada da condição corporal e plenamente fundida no “Pai Consciência Universal”, pertencem a duas dimensões totalmente diferentes do ser.

A consciência humana pode receber inspiração do “Pai Consciência Universal”, mas a inspiração que se recebe se mistura à condição humana e frequentemente é mal interpretada, segundo o conhecimento armazenado que já controla o cérebro e, portanto, os próprios processos mentais. Lamentavelmente, a inspiração que você recebe é contaminada e distorcida por suas atuais crenças fortemente arraigadas.

Considere que o ESTADO DE PERCEPÇÃO E COMPREENSÃO TRANSCENDENTE sai, emerge, da condição física. O cérebro já não está no controle. Já não possui influência sobre o estado de Percepção Transcendente que é a Verdade essencial.

Esse estado já não é mais controlado ou afetado pelas crenças humanas.

Esse é um estado de “O que Realmente é”, que está por trás da manifestação visível da existência, em vez de estar na dimensão humana de “O que se Acredita que a Existência é”.

É nesse Estado de Consciência Transcendente que os “milagres” não são mais do que o trabalho normal da Lei Universal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s