A parte que nos cabe em todas as tragédias…

Nesse momento os culpados são muitos, acredito. Qualquer um que, nesse caso do incêndio, sabia dos riscos e ainda assim jogou com a vida daqueles jovens, está enquadrado como culpado. E culpado continuará sendo por toda a eternidade até que, lá na frente, quando suas consciências finalmente acordarem, iniciarão o processo de restauração do desequilíbrio macabro que iniciaram naquele dia. Ninguém fica impune. A justiça humana ainda é muito falha, assim como nós todos somos falhos. Mas a Vida é onisciente e onipresente — a ela importa o equilíbrio de todas as coisas, e aqueles que, por descuido consciente ou não, desequilibram a Lei da Vida, hão de pagar o preço, seja agora, daqui a alguns anos, ou mesmo daqui a milênios.
A Vida não desampara ninguém, mas também não permite que o desequilíbrio e a falta de consciência humana se perpetuem por muito tempo. Este país ainda tem muito o que aprender, assim como muitas das nações no mundo. Mas o problema está na base, na educação que dá guarida e cria o adulto infrator. Não se educam crianças para serem solidárias, humanas, para se importar com os sentimentos alheios, para viver com hombridade e respeito ao próximo e aos demais seres vivos.
Educamos nossas crianças para “vencer na vida”. Um deslize aqui, outro acolá, que importa? O importante é que vençam, não é assim? Quantos ensinam seus filhos o valor de um ato gentil, da palavra amiga, da compreensão dos sentimentos alheios, do fato de que aquilo que dói neles, pode também doer nos demais? Quantos de nós, sejamos brasileiros, norte-americanos, ingleses, ou de qual nacionalidade sejamos, nos lembramos de dizer aos nossos filhos que nós somos almas em evolução e que este sim é o propósito primordial da Vida? Por acaso ensinamos aos nossos filhos a enxergar além do véu da materialidade, a compreender que o prazer passageiro não vale o sofrimento de ninguém, a perceber que a integralidade dos valores cívicos servem para que possamos todos ter direitos, mas também DEVERES?
Hoje achamos bonito o filho de carro novo, com a roupa da moda, falando vários idiomas, diplomados pelas melhores universidades. Mas esquecemos que o idioma mais importante não os está sendo ensinado: o amor ao próximo. E então formamos mais uma leva de adultos que acham que adulterar um laudo técnico não tem problema. Que receber propina, não tem problema. Que mentir descaradamente, não tem problema. Afinal, todo mundo faz, sem isso não chegamos a lugar algum, não é?
Pois é… chegamos. Chegamos a barbárie moderna. 😦

Anúncios

3 pensamentos sobre “A parte que nos cabe em todas as tragédias…

  1. Concordo em gênero,número e grau com esta matéria,querendo aqui apenas acrescentar o seguinte: Dentro do conhecimento esoterista espiritualista,sabemos que absolutamente nada é ou pode ser por acaso. A tragédia em Santa Maria-RS poderia,sim,ser,ou evitada,ou atenuada . Solidarizo-me sincera e profundamente com todos os envolvidos,o que não me impede de considerar que houve,ali,um brutal,tremendo,ajuste,acerto kármico,criando-se,sim,pesado karma para os responsáveis por isso tudo,ao mesmo tempo em que muitos libertaram-se do fardo kármico das câmaras de gás nazistas,outros,bem mais evoluídos,aceitaram passar por algo tão forte e pungente – o fato é que,com absoluta certeza,Forças superiores hão de amparar,consolar,acolher a todos os envolvidos,esses nossos irmãos gaúchos,em verdade,merecendo-nos todo apreço e afeto.Venho sendo estupidamente atacada aqui na web,em redes sociais,porque digo verdades,em linguagem grandiloquente e direta – quero deixar bem claro que a atuação severíssima da Lei Maior,neste e em qualquer caso,não nos exime de oferecermos solidariedade,compaixão e apoio aos sofredores – todos nós passamos por lapidações,algumas,duras,outras,como essa, duríssimas. Que possamos aprender muito,mesmo – e principalmente – com a dura,duríssima,pedagogia da terrível Mestra Dor. Vamos superar tudo isso,tenhamos sempre em mente,somos todos viajores da Evolução,filhos do Infinito,herdeiros da Eternidade.O karma não é o chicote que nos vergasta – é o fio condutor de todas as nossas experiências evolutivas.Quem tiver suficiente maturidade e real entendimento espiritual,há de convir que o que aqui está colocado é uma verdade,adicionando-se aos também verdadeiros conteúdos do texto de Sarah Siqueira. Saudações! Evolução para todos nós!

    • Infelizmente, não acredito que tragédias sejam necessárias para purgarmos ou aprendermos as coisas. A verdade é que tragédias vêm e vão e as pessoas continuam agindo de maneira lamentável, provando que esse tipo de lição já não se faz tão eficaz. Deus não quer nada disso, e a Lei Divina não precisa desses verdadeiros massacres de almas para ensinar-nos. Tudo isso, infelizmente, é obra tão somente do homem e de sua incapacidade de agir de forma digna para com o seu semelhante. Compreendo sua maneira de pensar, Synture, mas acho que já chegou a hora de paramos com essa história de ajustes cármicos — eles existem, é verdade, mas na maioria das vezes não precisavam ocorrer.
      Ajuste cármico, a meu ver, se dá por um tsunami, um terremoto, uma queda de avião em perfeito estado. Quando uma boate pega fogo por conta da má índole de alguns, isso é crime. Quando um louco coloca milhares de judeus numa câmara de gás, isso é crime. Não importa se quem morreu precisava passar por aquilo ou não. O que importa é que esse tipo de coisa não deveria acontecer porque as pessoas deveriam agir com decência. Só isso. 😦

  2. Concordo com Sarah Siqueira,e considero tambm vlidos os contedos de meu comentrio,espero que seja publicado.Saudaes,muita Luz para todos ns!

    Date: Wed, 30 Jan 2013 14:05:38 +0000 To: syntureytt@hotmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s