Mais rosa na minha vida…

Eu vou dizer a vocês que nunca fui uma menina assim, como direi, rosa. Nunca gostei muito da cor, sempre preferi o vermelho. Quando descobri que estava grávida, e de uma menina, fiquei apavorada! Imagina, tudo aquilo rosa?!? Eca! Lembro de ver o carrinho da filha da minha cunhada… e era rosa! Ai, não! Não quero nada disso!

No chá de fraldas fiz questão de dizer pras meninas que eu não queria nada rosa. Nada cheio de frufru, rendinha, lacinho, etc… O quarto da minha filha é bege e verde claro. Os dizeres do livro “O Pequeno Príncipe” enfeitam duas paredes. Mas devo dizer a vocês que de lá para cá tenho comprado muita coisa rosa. Primeiro porque é inevitável — as lojas de roupas infantis parece que só conhecem duas cores: azul e rosa. E todas as nuances in between. Verde? Só para meninos. Marrom? Bege? Vinho? Muito raramente. Acabei sendo obrigada a fazer as pazes com o rosa… e acabei gostando.

Prova disso é meu celular. Esse final de semana fui ao Shopping Vila Olímpia (já foram? uma delícia!) tentar trocar de operadora. Mas o fato é que não deu certo, e como meu celular antigo estava quebrado a um certo tempo (eu derrubei ele com o visor pra baixo…), eu acabei indo até minha operadora trocar meus pontos por um celular novo. (Eu me recuso a pagar por um celular, viu gentem?)

Aí, cheguei na loja e pedi para o atendente verificar quantos pontos eu tinha para trocar. Ele me perguntou que tipo de celular eu queria.

[eu] – Moço, eu quero um celular pra fazer e receber ligação, só isso…

[Atendente] – Se a senhora fizer um upgrade de plano, nós podemos atendê-la com celulares ótimos que sairão ao preço médio de 40 reais, no máximo.

[eu] – Upgrade? Mas o meu plano tá bom do jeito que está. Eu só quero um celular novo, só isso. Não tenho pontos suficientes?

[Atendente, completamente descrente das minhas solicitações] – Tem… mas é que os celulares daí não terão tantos recursos…

[eu] – Deixa eu ver algum?

O rapaz levantou-se e começou a caminhar comigo pela loja, me mostrando aqueles celulares com teclado completo, onde dá pra ler email, fritar ovo e dar de mamar.

[eu] – Não moço, eu não quero nada disso. Quero algo simples. Pra ligar e receber ligação… tem?

O rapaz, mais descrente do que nunca, suspirou fundo e me guiou até o outro display da loja.

[Atendente] – Então, senhora, o problema é que esses daqui não têm muitos recursos…

[eu, já de olho num telefoninho rosa da Sony Ericsson… so cute!] – E esse daí? Sai de graça pra mim?

[Atendente, olhando com desdém para o pobre celularzinho] – Sai… mas não tem muitos recursos…

[eu, já meio fula da vida] – Moço, faz chamada? Recebe? Dá pra mandar um torpedozinho de vez em quando?

[Atendente] – Dá, dá sim…

[eu] – Então ótimo, é esse mesmo que eu quero.

O rapaz, muito a contragosto, foi  buscar o celular no estoque. E voltou com uma caixinha pequena, rosa… e da Hello Kitty! Ahahahahah! Eu troquei meu celular pelo fofíssimo Sony Ericsson da Hello Kitty! E o melhor: não paguei NADA por ele!!!

E viva o rosa! 😀

Sony Ericsson Hello Kitty

Anúncios

Hello Kitty

Gentem, sabem que inaugurou um café da Hello Kitty no Shopping Bourbon? Pois é, read all about it: http://www.sanrio.com.br/inauguracao/

Mas o mais legal é que, ao ler a notícia, resolvi dar uma surfada no site da Sanrio. E qual não foi minha surpresa ao verificar que eu poderia fazer o cadastro para ser Embaixatriz da Hello Kitty!!! Ai, imagina se eu já não entrei, fiz cadastro e tudo mais, né? Claro que fiz!

Agora sou oficialmente uma Embaixatriz da gatinha mais fofa que eu conheço! Olha só que chique: